fbpx

Tokenização

Tokenização

11 de Fevereiro 2019

Foto frontal 3x4 do Laércio contra fundo preto

A palavra-chave para entender tokenização é valor. Esse conceito é bem difícil de entender, mas de maneira descomplicada, valor (V) é igual ao benefício percebido (Bp) em algo, dividido pelo esforço (S) para tê-lo.

V= Bp / S

Ou seja, o sacrifício (S) que os corretores têm para adquirir novos clientes não pode ser maior do que o Benefício (Bp) percebido por eles. Porque do contrário, essa troca não vale a pena.

Quando alguém oferece um apartamento no mercado, ele representa esse valor em números, chamado de preço. Já na blockchain para imobiliária, ao invés de falar em preço, nós chamamos esses valores de Token. Ou seja, a tokenização de imóveis é o método usado na blockchain para vincular bens à seu(s) dono(s) de direito. 

Nesse sentido, o benefício mais contundente é a liquidez de recursos existente no mercado digital. Se antes, para comercializar imóveis, dependíamos do mercado local e suas flutuações de capital, agora nós podemos tokenizar esses bens a fim de explorar seu valor num mercado global. 

Em outras palavras, ao tokenizar um mercado para trocar ativos e guardá-los na Blockchain, nós estamos democratizando a propriedade de ativos. Porque se o mercado regional estiver ruim, as pessoas tendem a perder dinheiro na venda ou se retraírem para não perder valor. Mas, na blockchain, você tem um mercado global a sua disposição. Basta o corretor ajudar seus clientes a extrair o máximo de valor dos seus bens. Assim, elas podem obter vantagens mesmo quando o mercado local não estiver bom para negócio.